CRÓNICAS

#1427 – Sexta-Feira – 2019/05/31 – Dia Mundial da Criança


O Dia Mundial da Criança celebra-se em Portugal no dia 1 de Junho.
Desde 1950, por iniciativa das Nações Unidas, os países membros reconheceram que todas as crianças, independentemente da raça, cor, religião, origem social, país de origem, têm direito a afeto, amor e compreensão, alimentação adequada, cuidados médicos, educação gratuita, proteção contra todas as formas de exploração e a crescer num clima de paz e fraternidade.
Por questões que se prendem com o fim de semana, muitas autarquias, incluindo Évora, antecipou um conjunto de iniciativas dedicadas às crianças do concelho para o dia de hoje.
Em Évora, nas Piscinas Municipais, entre as 9 e as 16 horas estão previstas muitas atividades lúdico-pedagógicas, destinadas às crianças que frequentam as nossas Creches e Estabelecimentos de Ensino Pré-escolar e do 1º Ciclo.
A GARE deseja que o Dia da Criança não seja apenas um dia por ano, com muita brincadeira, mas todos os dias da vida das crianças sejam plenos de felicidade, na família e na escola, lembrando aqui que todos nós somos responsáveis, direta ou indiretamente pela aplicação universal da Declaração dos Direitos da Criança.
Para terminar, cito dois dos direitos da criança de que gosto particularmente.
O primeiro que diz que Todas as crianças têm o direito à vida e à liberdade, e o oitavo que diz que Todas as crianças têm direito ao amor e à compreensão dos pais e da sociedade.

Até amanhã

#1426 – Quinta-Feira – 2019/05/30 – Cobrar dívidas?

A propósito das não existência de quaisquer iniciativas das entidades oficiais, com responsabilidades declaradas por força de diversa documentação legal, para a diminuição da sinistralidade rodoviária em Portugal, qual não é o nosso espanto, e o do país inteiro, quando de repente, a Autoridade Tributária e Aduaneira tenta desviar a Guarda Nacional Republicana de uma das suas mais nobres missões, a segurança rodoviária, para a caça aos cidadãos com pequenas dívidas ao estado e à segurança social, porque os grandes devedores, esses não se deixam apanhar desta forma.
Felizmente que isto durou poucas horas, porque alguém percebeu o disparate tão grande que estava a ser feito, e ordenou que a operação fosse imediatamente cancelada.
Se aumentassem o número de efetivos da GNR e da PSP para estarem  na estrada a fiscalizar o cumprimento do código da estrada, do excesso de velocidade, da condução com álcool ou com drogas, da utilização de telemóveis, das regulares inspeções dos veículos, da verificação das licenças de condução e das apólices de seguro, da correta instalação das crianças nas cadeirinhas, do funcionamento dos cintos de segurança e luzes, isso sim, estávamos a trabalhar para salvar vidas.
Devia até haver um corpo especial que inspecionasse as nossas estradas e obrigasse as Infraestruturas de Portugal e as Autarquias a pintar a sinalização horizontal que não existe ou que não se vê, a arranjar os buracos das estradas, a limpar as areias e o lixo das estradas e das bermas. Isso sim, era importante para salvar vidas.
As dívidas são outra história, mas que não valem uma vida

Até amanhã

#1425 – Quarta-Feira – 2019/05/29 – Mais uma vez os atropelamentos nas escolas

A propósito da crónica de ontem, acerca de um atropelamento junto da Escola Conde de Vilalva, gostaria de juntar mais algumas considerações, que considero pertinentes.
Em Junho de 2018, a Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária, publicou um documento chamado Programa de Proteção Pedonal e de Combate aos atropelamentos.
Trata-se de um extenso documento (165 páginas) que além de identificar o problema, define um conjunto muito alargado de medidas, que passam pela educação, pela fiscalização das forças de segurança e pela realização de obras.
Os principais agentes da concretização deste Plano são as Autarquias ao qual é prometido apoio metodológico.
A Câmara Municipal de Évora, há bastante tempo que vem falando da existência de Planos de Acesso aos Estabelecimentos de Educação, que não conhecemos, embora já os tivéssemos pedido em diversas reuniões do Conselho Municipal de Segurança.
Independentemente da existência ou não de Planos, o que interessa verdadeiramente é que haja a determinação em resolver o problema, e isso, como já afirmámos ontem e reafirmámos hoje, vai envolver muitas vontades de pessoas e instituições, mas vai depender muito da força dos pais e encarregados de educação.
A GARE está e estará sempre do lado da segurança das crianças.

Até amanhã

#1424 – Terça-Feira – 2019/05/28 – Estacionamento abusivo e condutas pouco cívicas

Um texto da Maria Antónia Zacarias no Diário de Sul de ontem, faz eco de um problema antigo na nossa cidade, que é o problema do estacionamento abusivo e de condutas pouco cívicas de alguns condutores, que resultam em problemas graves de trânsito e em atropelamentos em passadeiras, como foi o caso acorrido na semana passada na Escola Básica Conde de Vilalva.
Agora que infelizmente houve um atropelamento, já parece haver unanimidade de um conjunto alargado de instituições para que se encontre uma solução para este problema e para o problema de todas as escolas desta cidade e da maioria das escolas do país.
E de entre estas instituições que terão que ser envolvidas na resolução deste problema, todas têm um papel muito importante, mas permitimo-nos dizer que a Associação de Pais tem um papel muito especial.
E porquê?
Porque infelizmente, uma solução real, como vimos defendendo há muitos anos, e continuamos a acreditar nela, passa por uma verdadeira mudança de paradigma no que diz respeito ao acesso às escolas e que passa por coisas tão simples como:

  • Proibição de trânsito automóvel nas ruas de acesso às escolas;
  • Pedir aos pais que tenham que ir levar e buscar os filhos à escola, escolher um local a 50 ou 100 metros da escola para deixarem e receberem os filhos;
  • Substituir o transporte automóvel, sempre que possível pela ida a pé ou de bicicleta ou transporte público.

Esta mudança depende principalmente dos pais.

Até amanhã

#1423 – Segunda-Feira – 2019/05/27 – Conduza com conforto

Esta semana, e nas semanas seguintes, todas as previsões apontam para uma subida grande das temperaturas do ar, o que não nos espanta nada nesta época do ano e nesta região.
Se precisa de utilizar o seu automóvel diariamente, aconselhamos vivamente a verificar o sistema de ar condicionado do seu veículo, numa oficina especializada para esse efeito.
O ar condicionado de um veículo deve ser usado todo o ano sempre à mesma temperatura, na ordem dos 22 graus centígrados, embora muitas pessoas optem por só o usarem quando as temperaturas são muito baixas ou muito altas.
Em dias muito quentes, e sobretudo se o carro está parado ao sol, é importante deixar o ar condicionado circular durante alguns minutos com os vidros do carro abertos para estabilizar a temperatura.
O conforto e bem-estar que esta funcionalidade dá à condução não podem ser negligenciados.
Quando se viaja com conforto, podemos estar mais atentos a todos os pormenores da condução e mais aptos conduzir em segurança.
Boa viagem!

Até amanhã

#1422 – Sexta-Feira – 2019/05/24 – Porque se morre cada vez mais nas estradas?

Se tentarmos fazer um exercício do tipo de querer perceber porque razão o número de vítimas mortais nos sinistros rodoviários portugueses está a aumentar desde 2017, depois de terem vindo a descer desde 1996, verificámos, apenas pela consulta de alguma comunicação social escrita, que os motivos são tantos que não caberia nesta simples crónica diária falar deles todos.
Resolvemos por isso, chamar a atenção para alguns aspetos, que nos pareceram dignos de realce.
Como dizia o Jornal de Notícias em Janeiro, medidas tão simples como a redução da velocidade nas localidades, as inspeções obrigatórias para motociclos ou o controlo do uso de telemóveis ao volante, previstas no PENSE 2020, o Plano Estratégico Nacional de Segurança nas Estradas, publicado em Agosto de 2017, ainda não saíram do papel.
O jornal Público, também em Janeiro, citando o Prof. João Queiroz, presidente da Associação Estrada mais Segura, diz que “nos anos da crise, houve menos pessoas na estrada, velocidades mais moderadas e menos jovens a comprar carro. Agora que existe a percepção de que a crise acabou, o efeito deixa de se sentir”.
O Jornal i, citando José Trigoso da Prevenção Rodoviária Portuguesa, refere o sentimento de impunidade motivado pela fraca fiscalização, as distrações provocadas pelos telemóveis, o consumo de álcool e o excesso de velocidade são também fatores que potenciam os acidentes nas estradas.
Havia muito mais que se podia acrescentar.
Nada se vê a ser feito para contrariar este estado de coisas.

Bom Fim de Semana

#1421 – Quinta-Feira – 2019/05/23 – 700 milhões de euros

Entre 8 e 15 de Maio de 2019 morreram mais 12 pessoas nas estradas portuguesas e registaram-se mais 45 feridos graves.
Onde está o Senhor Presidente da Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária?
Onde está o Senhor Secretário de Estado da Proteção Civil?
Onde está o Senhor ministro da Administração Interna?
Onde está o Senhor Primeiro Ministro?
Onde está o Senhor Presidente da República?
Só dá campanha eleitoral?
E é proibido falar de sinistralidade rodoviária nas Campanhas eleitorais?
Ainda ninguém percebeu que estão a morrer cada mais pessoas nas estradas todos os dias?
Este ano já morreram 168 pessoas e registaram-se 695 feridos graves.
Mais 38 mortos que em 2016
Mais 11 mortos que em 2017
Mais 10 mortos que em 2018
Ninguém diz nada? Onde está a Comunicação Social deste país?
E já que nas campanhas eleitorais, se fala muito de economia, para a esquerda e para a direita, alguém sabe que valor sócio económico desta desgraça em 2019 já ronda os 700 milhões de euros?
Eu repito, 700 milhões de euros!

Até amanhã

#1420 – Quarta-Feira – 2019/05/22 – O que os alunos da Escola Básica André de Resende consideram importante para ter uma condução segura II

Caros e caras ouvintes da DianaFm, os alunos da Escola Básica André de Resende de Évora, preocupados com a segurança na estrada realçam que é de extrema importância manter uma condução segura.
Para isto deve adaptar a sua condução ao estado do tempo e do piso que são dois fatores importantes.
O problema do álcool e das substâncias estupefacientes provocam perda de vigilância, diminuição dos reflexos, perturbação das capacidades sensoriais e menor resistência à fadiga.
Deve ter muita atenção ao uso do telemóvel durante a condução, pois diminui a capacidade de vigilância e atenção.
Para evitar situações de perigo coloque o telemóvel em silêncio durante os seus percursos de automóvel.
Pois não se esqueça que pode colocar a sua vida e a dos outros em perigo.
Quando for viajar não leve os auriculares nos ouvidos enquanto conduz pois impossibilita-o de ouvir tudo o que se passa à sua volta.
Não se esqueça, conduza em segurança e se conduzir não beba álcool.

Até amanhã

#1419 – Terça-Feira – 2019/05/21 – ALCOKART em Estremoz

GIRA é o acrónimo de Grupo de Intervenção Regional no Álcool.
Este grupo nasce em 2017, a partir de uma parceria entre o Centro de Respostas Integradas do Alentejo Central e a Associação GARE, dado que ambas as instituições têm um trabalho na luta contra o consumo de álcool, particularmente, no caso da GARE, na questão do consumo de álcool associado à condução.
O grupo tem-se vindo a alargar a muitas instituições todos os anos, públicas e privadas, generalizando-se as intervenções junto dos mais diversos públicos, mas dando um especial relevo ao público jovem.
É neste espírito, que a GARE hoje vai estar na Escola Básica Sebastião da Gama, do Agrupamento de Escolas de Estremoz, com a escola segura da PSP e com o nosso ALCOKART.
Lembramos os nossos ouvintes que, o nosso Alcokart, é um Kart elétrico que é um simulador de condução para mostrar aos jovens os perigos da condução sob o efeito do álcool.
Estaremos sempre disponíveis para ir a qualquer escola ou qualquer outra instituição que nos convide para falarmos sobre a questão do álcool na condução, mostrando com o alcokart e com outras ferramentas que a GARE tem, os perigos que todos corremos quando conduzimos com álcool ou outras substâncias psicoativas no sangue.
Lamentamos que tenhamos que pedir sempre apoio para cobrir os custos associados, porque a GARE é uma organização não governamental sem quaisquer subsídios para a sua atividade.
Talvez um dia isto mude!

Até amanhã

#1418 – Segunda-Feira – 2019/05/20 – Mãos ao ar!

No Público de 16 de Maio passado, João Pedro Pincha, divulga os dados de um Inquérito da câmara municipal de Lisboa, que abrangeu 16% dos estudantes da cidade, que responderam com a mão no ar.
Revela esse inquérito que quase 43% dos alunos das escolas de Lisboa vai de carro para as aulas, 30% dos alunos vai a pé, enquanto 24% utiliza os transportes públicos.
Estes números são deveras impressionantes para Lisboa, e seria muito interessante conhecer a situação em Évora, que deverá ser bastante pior.
“As crianças são hoje uma das principais razões pelas quais os pais andam de carro em Lisboa”, disse Miguel Gaspar, vereador da Mobilidade, durante a apresentação dos resultados do inquérito.
“As 100 mil crianças das escolas da cidade têm 100 mil mães, 100 mil pais e aí uns 40 mil avós.” Se muitos decidirem levar de carro os filhos e netos à escola “condicionam a mobilidade na cidade”, acrescentou Miguel Gaspar.
E em Évora como será?
Esta ideia de uma sondagem do tipo “Mãos no ar!”, inspirado no método usado no inquérito, Hands Up Scotland, que se realiza desde 2008, e que serviu de inspiração a Lisboa, seria muito interessante fazer-se em Évora.
Fica a sugestão. É útil, é fácil, é barato e é importante!

Até amanhã

#1417 – Sexta-Feira – 2019/05/17 – O que os alunos da Escola Básica André de Resende consideram importante para ter uma condução segura

Caros e caras ouvintes da DianaFm, os alunos da Escola Básica André de Resende consideram importante para ter uma condução segura, deve-se ter em conta que o uso do cinto de segurança é fundamental para todos os ocupantes, mesmo os dos bancos traseiros.
Durante uma viagem se estiver cansado ou com sono, pare e descanse, conduzir neste estado é tão perigoso como conduzir sob o efeito de álcool.
Não use o telemóvel enquanto conduz, o seu uso reduz a atenção e é um dos grandes fatores de sinistralidade nas estradas, deve-se ter o telemóvel desligado ou em silêncio.
Se beber não conduza, conduzir embriagado aumenta o risco de acidente e reduz cerca de 25% o tempo de reação ao volante, não coloque a sua vida em risco nem a dos outros.
Se tiver em conta todas estas indicações terá uma condução mais segura, representa um tipo de atitude correta e cívica perante a estrada e quem nela circula.

Bom Fim de Semana

#1416 – Quinta-Feira – 2019/05/16 – Apresentação de novos jovens cronistas

Ontem tivemos o grato prazer de ter na nossa Carruagem, um grupo de alunos dos cursos de Jardinagem e Floricultura e de Pintura e Decoração de Materiais, acompanhados por 2 das suas professoras, a Helena Pimenta e a Cristina Santos, vindos da Escola André de Resende, no âmbito da disciplina de Cidadania e Mundo Atual.
Estes alunos vieram conhecer a GARE e o seu trabalho, mas vieram também com o objetivo de gravar 2 crónicas para a Estrada… em segurança, que eles escreveram e que o João Vidazinha e a Joana Catalão emprestaram a sua voz para gravar.
Não é a primeira vez que isto acontece e queremos que no futuro aconteça mais vezes.
E queremos que aconteça mais vezes, por 2 razões, ambas de grande importância.
Em primeiro lugar, porque a GARE, sempre esteve aberta à participação dos jovens e quer continuar a trabalhar com e para os jovens, e por esse motivo tem sido uma Associação Equiparada a Associação Juvenil.
Por outro lado, porque a Rádio em geral e a Diana FM em particular, continua a ser um dos meios de comunicação mais importantes, e por isso devemos incentivar os jovens a participar e a conhecer a sua importância.
Nos próximos dias terão oportunidade de ouvira as crónicas lidas pelo João e pela Joana.

Até amanhã

#1415 – Quarta-Feira – 2019/05/15 – Segurança rodoviária ou prevenção rodoviária

Li um texto do site Circula Seguro, que tenta explicar a confusão que normalmente é feita entre Segurança Rodoviária e Prevenção Rodoviária, expressões muitas vezes usados indiferenciadamente, mas que não são a mesma coisa.
O autor refere que Segurança rodoviária e prevenção rodoviária são expressões que se usam de forma indiferenciada. Normalmente uma é usada quando seria mais apropriado utilizar a outra e vice-versa.
Na realidade, esta “confusão” nas designações até se compreende dada a sua profunda relação, no entanto, se quisermos ser rigorosos, podemos e devemos distingui-las.
A segurança rodoviária é um conceito mais lato: abrange tudo o que são políticas e estratégias de segurança rodoviária; prevenção rodoviária é uma expressão que se refere mais especificamente ao conjunto de medidas, regras e atitudes que têm como propósito prevenir o sinistro.
Segundo o autor, são conceitos similares e que se casam até, mas, em rigor, têm algo distinto, em que um (a prevenção rodoviária) está na génese do êxito do outro (segurança rodoviária).
Desta forma, para se promover uma verdadeira cultura de segurança rodoviária (que passe por uma alteração de mentalidades e de comportamentos na estrada) é inevitável que as pessoas inculquem boas bases de prevenção rodoviária.
Termina o autor, dizendo que uma nação com uma boa estratégia de segurança rodoviária terá de ser uma nação com uma ótima estrutura em matéria de prevenção e educação rodoviária.
Aqui concordo com ele…no resto tenho muitas dúvidas

Até amanhã

#1414 – Terça-Feira – 2019/05/14 – A Velocidade Mata

Este fim de semana, por motivos familiares, fiz cerca de 1200 km de viagem nas nossas estradas.
Quando regressei a Évora, após a viagem, dei comigo a pensar que durante estes 1200 Km, não me tinha cruzado por nenhum local onde tivesse ocorrido um sinistro, pouco tempo antes de eu lá passar.
Uma sensação muito boa, mas que infelizmente durou pouco tempo pois rapidamente percebi que era uma sensação falsa.
Sentei-me ao computador e rapidamente percebi porquê.
Destes 1200 km de viagem, perto de 900 foram feitos em autoestrada e apenas 300 em estradas nacionais.
Tomando como exemplo o ano de 2017, dos 34 410 sinistros com vítimas, apenas 1921 ocorreram em autoestradas, isto é, apenas cerca de 5,6%, verificando-se que as autoestradas, permitindo velocidades superiores, têm um índice de sinistralidade baixo.
No entanto, e dando uma vez mais razão à máxima que sempre usámos, a velocidade mata, os sinistros ocorridos em autoestrada, têm índice de gravidade na ordem de 2,3, superior ao índice de gravidade dos sinistros em arruamentos urbanos ou estradas municipais que foi em 2017, respetivamente 0,7 e 1,7.
Pior que as autoestradas, são todas as outras vias, as estradas nacionais, as IPs e os ICs, as estradas florestais, as variantes, etc, que chegam a atingir índices de gravidade da ordem de 4,2.
Cuidado com a velocidade.

Até amanhã

#1413 – Segunda-Feira – 2019/05/13 – Mais 18% de mortos na Estrada que em 2016

Mais uma vez, aqui estamos para dizer o mesmo.
Os últimos números da sinistralidade rodoviária publicados pela Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária, referentes à semana de 1 a 7 de Maio, continuam a ser trágicos.
Mais 11 vítimas mortais e mais 36 feridos graves esta semana.
Desde o princípio do ano, 158 vítimas mortais.
Sempre a subir desde 2016. Um aumento de 18% de vítimas mortais, relativamente a igual período de 2016.
Anda tudo cego, surdo e mudo?
Estamos fartos de dizer isto, em relação ao Governo e em relação à ANSR.
Mas os partidos políticos, que andam agora tão empenhados na campanha eleitoral para o Parlamento Europeu, não têm nada a dizer?
A segurança rodoviária na Europa também ainda está muito longe de atingir níveis que caminhem claramente para o objetivo zero mortos na estrada.
Portanto, como a função dos partidos políticos é apresentar políticas para resolver os problemas das pessoas, seja aqui ou na Europa, pergunto onde é que elas estão?
É verdade que não tivemos oportunidade de ler os programas eleitorais de todos os candidatos. Mas se os tivéssemos lido, tínhamos encontrado algumas soluções?
Ficamos à espera, que alguém nos diga que não temos razão.

Até amanhã

#1412 – Sexta-Feira – 2019/05/10 – VAMOS REFLETIR

A Guarda Nacional Republicana e a Infraestruturas de Portugal, empresa gestora da rede rodoviária nacional, celebraram um protocolo que marca o início da campanha ‘Vamos Refletir’ que visa a prevenção e redução da sinistralidade que envolve os utilizadores mais vulneráveis da via, como as crianças, idosos e ciclistas.
Pretende-se, diz em comunicado a GNR, por um lado, promover uma reflexão sobre “a nefasta problemática da sinistralidade rodoviária e da necessidade de proteger os utilizadores mais vulneráveis” e, por outro, que este público-alvo tenha consciência dos perigos a que estão expostos nas vias rodoviárias.
Para a corporação, é “imprescindível a adoção de comportamentos seguros, assim como a importância da utilização de equipamentos refletores”.
Esta parceria entre a GNR e a IP justifica-se com as competências e implantação a nível nacional das duas entidades, o que permite “uma maior projeção das iniciativas e um contacto mais abrangente junto dos utilizadores mais vulneráveis”, explica aquela força de segurança.
Segundo a GNR, a campanha ‘Vamos Refletir’ compreende um conjunto de ações de sensibilização a desenvolver ao longo do ano em vários pontos das estradas portuguesas, bem como junto de escolas, centros de dia, utilizadores de bicicletas e grandes eventos.
A GNR avança que, na sua área de responsabilidade, registou 3.950 atropelamentos no ano passado, que provocaram 70 vítimas mortais e 202 feridos graves, um aumento de 11% no número de vítimas graves relativamente a 2017.
Aquela força de segurança destaca que 75% das vítimas mortais têm mais de 50 anos.
Já que o Governo não faz nada, haja alguém que faça alguma coisa.

Bom Fim de Semana.

#1411 – Quinta-Feira – 2019/05/09 – eCall

Desde o dia 31 de Março que o sistema de chamadas de emergência, também conhecido como eCall, passou a ser obrigatório em todos os novos veículos da União Europeia, tratando-se de automóveis ligeiros de passageiros ou de motociclos. Porém, “todos” não são mesmo todos.
Passamos a explicar.
A introdução do eCall como equipamento de série em veículos novos é uma obrigatoriedade sim, mas que não vai afectar já todas as viaturas à saída de fábrica.
É um facto que o Regulamento 2015/758, aprovado pelo Parlamento Europeu em 2015, torna obrigatória a disponibilização deste serviço de emergência, contudo essa imposição só é valida, no imediato, para veículos cuja aprovação seja posterior a 31 de Março.
Ou seja, todos os modelos que foram previamente aprovados vão continuar a sair da linha de montagem sem o sistema de chamada automática de emergência. Convém, contudo, sublinhar que muitos fabricantes automóveis já disponibilizam esta tecnologia “salva-vidas”.
Os carros mais antigos, podem montar este sistema se tiverem isqueiro.
Espera-se que este sistema possa salvar 2500 vidas por ano, e diminuir em 15% o número de feridos graves.

Até amanhã

#1410 – Quarta-Feira – 2019/05/08 – Ainda a Semana de Segurança Rodoviária das Nações Unidas

Vamos hoje continuar a falar da V Semana da Segurança Rodoviária das Nações Unidas que começou no dia 6 e termina no dia 12 de Maio.
Porque entendemos que em Portugal há de facto uma grave crise de liderança no que diz respeito à tomada de medidas eficazes relativamente à prevenção rodoviária, em colaboração com a Liga Estrada Viva, temos vindo a tentar exercer alguma pressão, junto do Governo inicialmente, e posteriormente junto da Presidência da República, no sentido de que algo seja feito com alguma eficácia e também com poder mediático.
Reuniões com o Secretário de Estado da Proteção Civil, José Artur Neves e com o Presidente da Autoridade Nacional da Segurança Rodoviária Rui Soares Ribeiro, parecem não ter tido qualquer efeito prático até a o momento, e já lá vão alguns meses.
Posteriormente, uma reunião com a assessora para a Segurança do Senhor Presidente da República, Mafalda Gama Lopes, dá origem à organização de uma atividade no Palácio de Belém, na próxima 6ª feira dia 10, com estudantes do ensino secundário, com uma exposição de material da PSP, da GNR e do INEM, para a qual a GARE e a ESTRADA VIVA foram convidados.
Infelizmente, por problemas de agenda do Senhor Presidente da República, a atividade não poderá ser realizada, esperando-se que seja marcada uma nova data.
Assim vai a prevenção rodoviária em Portugal.

Até amanhã

#1409 – Terça-Feira – 2019/05/07 – Semana de Segurança Rodoviária das Nações Unidas

O grande tema da V Semana da Segurança Rodoviária das Nações Unidas que se desenrola entre 6 e 12 de Maio é a Liderança.
As Nações Unidas definem a este propósito, Liderança como a capacidade de influenciar ou inspirar as pessoas a atingir um determinado objetivo.
Uma liderança mais forte para a segurança rodoviária é necessária nos níveis nacional e local para atingir as metas de segurança no trânsito.
Os líderes mais eficazes, que vêm de todos os setores da sociedade, são aqueles que se manifestam, que têm opinião, que falam mais alto, aqueles que, como dizem os ingleses, SPEAK UP, sobre segurança e tomam medidas.
É importante reconhecer que todos nós, como indivíduos, podemos ser líderes na segurança rodoviária!
Quer viajemos como pedestres, ciclistas, motociclistas ou usuários de veículos particulares ou transportes públicos, como indivíduos, podemos manifestarmo-nos, sobre as questões da segurança rodoviária.
Podemos nos comportar com segurança na estrada, servir de exemplo para os outros, especialmente para os jovens; advogar por melhores leis e aplicação da lei e apoiar aqueles que foram afetados por sinistros rodoviários.
Para marcar a Quinta Semana Global de Segurança Rodoviária das Nações Unidas, dizer o que está errado e exigir que os tomadores de decisão se comprometam a tornar as nossas estradas seguras é importante.

Até amanhã

#1408 – Segunda-Feira – 2019/05/06 – Dia Mundial do Trânsito e da Cortesia ao Volante

Ontem, dia 5 de Maio, celebrou-se o Dia Mundial do Trânsito e da Cortesia ao Volante.
Esta celebração deve ser feita todos os dias, porque todos os condutores, além de cumprirem as regras e os sinais de trânsito, a boa educação e a cortesia ao volante, tem efeitos muito positivos na forma como conduzimos.
A boa educação e a cortesia geram boa educação e cortesia.
Existem estudos em Portugal que nos dizem claramente que grande parte dos condutores portugueses são agressivos e essa agressividade, que se revela tantas vezes em expressões como:

  • A porcaria do sinal que nunca mais muda
  • Deixa acelerar que está amarelo
  • Chega para lá que eu tenho pressa
  • Agora passo eu

Isto e muito mais que toda a gente conhece, acompanhado de fortes buzinadelas e impropérios para os outros condutores, infelizmente é vulgar encontrar nas nossas estradas.
A cortesia ao volante é anti-stressante e evita muitos toques, por vezes só de chapa, mas algumas vezes mais perigosos.
Seja cortês ao volante todos os dias.
Termino com um agradecimento à Maria Antónia Zacarias pelo seu trabalho publicado do Diário do Sul, da passada sexta-feira dia 3.

Até amanhã

#1407 – Sexta-Feira – 2019/05/03 – Mais 11 mortes na estrada

Hoje conhecemos as estatísticas da sinistralidade rodoviária referentes ao período de 22 de Abril a 30 de Abril.
Contra a opinião dos nossos governantes, continuo a dizer a situação continua a agravar-se a cada dia que passa.
Nesta semana, registaram mais 11 vítimas mortais e mais 42 feridos graves.
Este ano desde 1 de Janeiro a 30 de Abril já morreram na estrada 148 pessoas e 605 ficaram gravemente feridas.
Sendo até agora 2016 o ano em a sinistralidade rodoviária foi mais baixa, o número de vítimas mortais nos 4 primeiros meses deste ano é 12% maior que em igual período de 2016.
Apenas nos Distritos de Setúbal, Santarém Lisboa e Castelo Branco houve uma descida do número de mortes na estrada.
A este propósito, cito a Cidade de Lisboa, porque em 2016, 2017, 2018 e 2019, nestes primeiros 4 meses do ano, registou sucessivamente 18, 16, 14 e agora 9 vítimas mortais.
Alguma coisa está a acontecer em Lisboa que não está a acontecer em mais qualquer distrito do País.
Não serve de consolo a ninguém, verificar que distritos como Évora têm mantido nestes 4 primeiros meses dos últimos quatro anos, estatísticas muito constantes.
Não são piores, mas também não são melhores. E isto também não é bom.
O nosso objetivo só pode ser, a médio prazo, zero vítimas na estrada.

Bom Fim de Semana.

#1406 – Quinta-Feira – 2019/05/02 – Acesso às piscinas municipais

Depois de um belo Dia do Trabalhador, em que muitos trabalhadores optaram por ir ver como estavam algumas das nossas praias, e eventualmente experimentar a temperatura da água do mar, aqui estamos novamente com a nossa crónica diária.
E hoje, já que falamos em praia e em mar, lembrei-me das nossas piscinas, que segundo julgo, estão a ter algumas pequenas obras de manutenção, que bastante falta lhe fazem, e julgo que também o Parque de Merendas irá brevemente ter obras, porque está mesmo a precisar.
Estive lá há poucos dias, e deparei-me no exterior, com uma situação muito delicada e carece de ser muito rapidamente intervencionada.
Depois de estacionar o carro num pequeno estacionamento a seguir às piscinas, do lado esquerdo quando se sobe, saio do carro e começo a andar junto a uma linha desenhada em basalto, delimitadora da estrada, alguém busina nas minhas costas e eu verifico que sem saber estou no meio da estrada.
Sem querer, estou no meio de uma armadilha, perigosa e que devia ser motivo de estudo rapidamente para que não aconteça um atropelamento grave naquele local.
Estou disposto a acompanhar os técnicos da Câmara para localmente poder explicar o quero dizer, no sentido de criar ali uma solução que integre zonas de mobilidade segura para peões e ciclistas, junto de um local onde há muitas crianças.

Até amanhã

Na Estrada… em Segurança – 2019-04-30 – Terça-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2019-04-29 – Segunda-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2019-04-26 – Sexta-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2019-04-25 – Quinta-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2019-04-24 – Quarta-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2019-04-23 – Terça-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2019-04-22 – Segunda-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2019-04-19 – Sexta-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2019-04-18 – Quinta-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2019-04-17 – Quarta-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2019-04-16 – Terça-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2019-04-15 – Segunda-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2019-04-12 – Sexta-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2019-04-11 – Quinta-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2019-04-10 – Quarta-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2019-04-09 – Terça-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2019-04-08 – Segunda-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2019-04-05 – Sexta-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2019-04-04 – Quinta-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2019-04-03 – Quarta-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2019-04-02 – Terça-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2019-04-01 – Segunda-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2019-03-29 – Sexta-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2019-03-28 – Quinta-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2019-03-27 – Quarta-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2019-03-26 – Terça-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2019-03-25 – Segunda-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2019-03-22 – Sexta-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2019-03-21 – Quinta-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2019-03-20 – Quarta-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2019-03-19 – Terça-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2019-03-18 – Segunda-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2019-03-15 – Sexta-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2019-03-14 – Quinta-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2019-03-13 – Quarta-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2019-03-12 – Terça-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2019-03-11 – Segunda-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2019-03-08 – Sexta-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2019-03-07 – Quinta-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2019-03-06 – Quarta-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2019-03-05 – Terça-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2019-03-04 – Segunda-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2019-03-01 – Sexta-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2019-02-28 – Quinta-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2019-02-27 – Quarta-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2019-02-26 – Terça-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2019-02-25 – Segunda-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2019-02-22 – Sexta-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2019-02-21 – Quinta-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2019-02-20 – Quarta-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2019-02-19 – Terça-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2019-02-18 – Segunda-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2019-02-15 – Sexta-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2019-02-14 – Quinta-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2019-02-13 – Quarta-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2019-02-12 – Terça-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2019-02-11 – Segunda-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2019-02-08 – Sexta-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2019-02-07 – Quinta-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2019-02-06 – Quarta-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2019-02-05 – Terça-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2019-02-04 – Segunda-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2019-02-01 – Sexta-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2019-01-31 – Quinta-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2019-01-30 – Quarta-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2019-01-29 – Terça-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2019-01-28 – Segunda-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2019-01-25 – Sexta-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2019-01-24 – Quinta-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2019-01-23 – Quarta-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2019-01-22 – Terça-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2019-01-21 – Segunda-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2019-01-18 – Sexta-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2019-01-17 – Quinta-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2019-01-16 – Quarta-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2019-01-15 – Terça-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2019-01-14 – Segunda-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2019-01-11 – Sexta-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2019-01-10 – Quinta-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2019-01-09 – Quarta-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2019-01-08 – Terça-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2019-01-07 – Segunda-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2019-01-04 – Sexta-Feira

2018

Na Estrada… em Segurança – 2018-12-25 a 2019-01-03

Na Estrada… em Segurança – 2018-12-24 – Segunda-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2018-12-21 – Sexta-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2018-12-20 – Quinta-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2018-12-19 – Quarta-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2018-12-18 – Terça-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2018-12-17 – Segunda-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2018-12-14 – Sexta-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2018-12-13 – Quinta-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2018-12-12 – Quarta-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2018-12-11 – Terça-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2018-12-10 – Segunda-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2018-12-07 – Sexta-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2018-12-06 – Quinta-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2018-12-05 – Quarta-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2018-12-04 – Terça-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2018-12-03 – Segunda-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2018-11-30 – Sexta-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2018-11-29 – Quinta-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2018-11-28 – Quarta-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2018-11-27 – Terça-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2018-11-26 – Segunda-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2018-11-23 – Sexta-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2018-11-22 – Quinta-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2018-11-21 – Quarta-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2018-11-20 – Terça-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2018-11-19 – Segunda-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2018-11-16 – Sexta-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2018-11-15 – Quinta-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2018-11-14 – Quarta-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2018-11-13 – Terça-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2018-11-12 – Segunda-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2018-11-09 – Sexta-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2018-11-08 – Quinta-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2018-11-07 – Quarta-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2018-11-06 – Terça-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2018-11-05 – Segunda-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2018-11-02 – Sexta-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2018-11-01 – Quinta-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2018-10-31 – Quarta-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2018-10-30 – Terça-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2018-10-29 – Segunda-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2018-10-26 – Sexta-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2018-10-25 – Quinta-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2018-10-24 – Quarta-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2018-10-23 – Terça-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2018-10-22 – Segunda-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2018-10-19 – Sexta-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2018-10-18 – Quinta-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2018-10-17 – Quarta-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2018-10-16 – Terça-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2018-10-15 – Segunda-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2018-10-12 – Sexta-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2018-10-11 – Quinta-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2018-10-10 – Quarta-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2018-10-09 – Terça-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2018-10-08 – Segunda-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2018-10-05 – Sexta-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2018-10-04 – Quinta-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2018-10-03 – Quarta-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2018-10-02 – Terça-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2018-10-01 – Segunda-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2018-09-28 – Sexta-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2018-09-27 – Quinta-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2018-09-26 – Quarta-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2018-09-25 – Terça-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2018-09-24 – Segunda-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2018-09-21 – Sexta-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2018-09-20 – Quinta-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2018-09-19 – Quarta-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2018-09-18 – Terça-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2018-09-17 – Segunda-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2018-09-14 – Sexta-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2018-09-13 – Quinta-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2018-09-12 – Quarta-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2018-09-11 – Terça-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2018-09-10 – Segunda-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2018-09-07 – Sexta-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2018-09-06 – Quinta-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2018-09-05 – Quarta-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2018-09-04 – Terça-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2018-09-03 – Segunda-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2018-08-31 – Sexta-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2018-08-30 – Quinta-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2018-08-29 – Quarta-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2018-08-28 – Terça-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2018-08-27 – Segunda-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2018-08-24 – Sexta-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2018-08-23 – Quinta-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2018-08-22 – Quarta-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2018-08-21 – Terça-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2018-08-20 – Segunda-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2018-08-17 – Sexta-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2018-08-16 – Quinta-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2018-08-15 – Quarta-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2018-08-14 – Terça-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2018-08-13 – Segunda-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2018-08-10 – Sexta-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2018-08-09 – Quinta-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2018-08-08 – Quarta-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2018-08-07 – Terça-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2018-08-06 – Segunda-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2018-08-03 – Sexta-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2018-08-02 – Quinta-Feira

Na Estrada… em Segurança – 2018-08-01 – Quarta-Feira